quarta-feira, 3 de agosto de 2016

13 Pessoas que morreram de formas bizarras - Parte 3

Existem várias maneiras de morrer, e algumas são tão bizarras que parecem mentira. Confira mais algumas histórias de mortes estranhas e até mesmo engraçadas.

David Lunt morreu em 1877 devido a um tiro na cabeça, o problema é que ele demorou 67 dias para morrer. A bala disparada acertou a testa de David Lunt, que sobreviveu ao incidente. depois disto ele começou a fazer suas tarefas de diárias, quando de repente, após 67 dias ele sentiu uma terrível dor de cabeça e morreu. A autopsia confirmou que ele morreu devido ao ferimento.

Em 1941 o escritor e contista americano, Sherwood Anderson, estava em um cruzeiro com sua esposa quando ele sentiu dores abdominais e foi levado ao hospital em Colón, Panamá, onde acabou morrendo. Seu relatório de autópsia mostrou que ele tinha acidentalmente engolido um palito de dente junto aos diversos canapés e tira-gostos que ele havia comido no navio.

Jim Creighton é considerado por historiadores como o primeiro superstar do beisebol americano. Em seu ultimo jogo Jim estava jogando como nunca, ele até acertou um home run, a jogada mais difícil do esporte, e foi essa jogada que lhe matou. Em 1862 ele girou o bastão de modo tão forte que rompeu sua bexiga, ele morreu 4 dias depois da lesão em sua casa.


Kurt Gödel era um matemático brilhante, tão brilhante que ele achava que alguém iria envenenar ele, por esse motivo ele só se alimentava de pratos feitos por sua esposa. O problema foi quando sua esposa foi internada em um hospital por seis meses em 1977, Kurt, com medo de morrer, parou de se alimentar completamente, morrendo de fome em 1978 com apenas 30 Kg.

Tennesse Williams foi um grande roteirista de filmes clássicos, ele também era viciado em drogas e álcool, mas estranhamente não foi isso que o matou, ele morreu em 1969 quando tentou abrir o seu colírio com a boca, ele acabou aspirando o objeto e sufocando até morrer.

Essa morte foi bem documentada porque o morto em questão era muito famoso, John Bonham foi o baterista da banda Led Zeppelin e ele morreu aos 32 anos, em uma viagem de turnê. Ele passou a noite bebendo suco de laranja com vodka, algumas horas depois o técnico de som da banda encontrou o baterista morto. A autopsia mostrou que ele morreu sufocado pelo próprio vômito depois de ter ingerido o equivalente a 40 doses de vodka.

Em 1997 a jovem stripper Gina Lalapola de 23 anos foi contratada para mais uma despedida de solteiro, sua performance envolvia ela sair de dentro de um bolo gigante no meio da festa, mas ela nunca saiu, ela sufocou e morreu dentro do bolo.

A russa Fagilyu Mukhametzyanov de 49 anos tinha sido declarada morta de ataque cardíaco e sua família e amigos estavam reunidos em seu funeral, em volta de seu caixão aberto. E foi aí que as coisas ficaram bizarras, a morta despertou e começou a gritar. Ela foi imediatamente levada de volta para o hospital, mas ela morreu (dessa vez de verdade) 10 minutos depois.

Uma das mortes mais irônicas de todos os tempos aconteceu em 1985 quando mais de 100 salva-vidas resolveram comemorar o fato de ninguém havia se afogado o ano inteiro, e eles fizeram isso dando uma festa na piscina. Além dos 100 salva-vidas eles também tinham contratado mais 4 para ter certeza de que tudo daria certo, mas isso não impediu Jeromy Moody de conseguir se afogar. Ele foi encontrado completamente vestido no fundo piscina do Departamento de Recreação de New Orleans.

Mais uma morte irônica: em 1987 o assassino condenado a cadeira elétrica Lawrence Baker teve sua vida salva ao mudarem sua sentença para prisão perpétua. Algum tempo depois Baker estava em sua cela assistindo TV e usando fones de ouvido caseiros quando sentou-se no vaso sanitário. Segundo a policia, houve um curto-circuito com a fiação, que lhe deu um choque mortal. Ele não morreu na cadeira apenas para morrer no trono. 

O motociclista Phillip A. Contos era contra a lei de obrigatoriedade do uso do capacete, ele e outros 550 motociclistas realizaram um protesto contra essa lei. Durante o protesto, Contos caiu de sua Harley direto no cimento. Os médicos e a policia afirmaram que, se ele estivesse usando um capacete, teria sobrevivido.

O espanhol Álvaro Bultó Sagnier faleceu ao tentar realizar uma manobra de Base Jumping nos Alpes. Seu amigo o chef Darío Barrio resolveu realizar a mesma manobra para homenagear o falecido, e claro, ele também morreu.

Ésquilo foi um dramaturgo da Grécia Antiga, mas nem suas peças foram tão estranhas quanto sua morte. Segundo o autor Valerius Maximus, Ésquilo morreu depois que uma águia confundiu sua careca com uma pedra e jogou uma tartaruga nele para quebrar o casco. E esse foi o fim do dramaturgo.

Curtiu a matéria? Então curte também nosso Facebook: Real World Fatos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...