segunda-feira, 24 de abril de 2017

Últimas refeições incomuns dos condenados a morte

Condenar alguém a morte (mesmo que ele seja inocente) significa que essa pessoa irá perder sua vida devido ao seu possível crime, para tentar manter os direitos humanos dessa pessoa, ela normalmente é tratado com decência poucas horas antes de ser executado, incluindo o direito a uma última refeição, que pode ou não ser escolhida por ela. 
Antigamente as pessoas apenas recebiam um pequeno copo de bebida mas hoje muitos prisioneiros tem acesso a verdadeiros banquetes, mas claro que ainda existem regras, por exemplo, na Flórida, o alimento para a última refeição deve ser comprado localmente e o custo é limitado a US$40. Em Oklahoma, o custo é limitado a US$15. Já em Louisiana, o diretor da prisão tradicionalmente se junta ao prisioneiro condenado para a última refeição, em outros lugares o prisioneiro pode dividir sua refeição com outros presos, e em cadeias mais pobres o preso só pode pedir o que estiver no refeitório da prisão.
Confira o que alguns condenados a morte pediram logo antes de serem executados.

Lawrence Russell Brewer foi um dos maiores cuzões que já viveu, o cara torturou e matou um negro por que ele era um supremacista branco, foi condenado a morte e disse que não tinha nenhum remorso, e claro que um cara igual ele tinha de ser um FDP até na hora de morrer.
Para sua última refeição o cara ordenou aos policiais que lhe trouxessem dois bifes de frango com molho e cebola cortada, um cheeseburger triplo de bacon, uma omelete de queijo com carne moída, tomate, cebola, pimentão, jalapeños, uma tigela de quiabo frito com ketchup,  carne grelhada com metade de um pedaço de pão branco, uma porção de três fajitas, uma pizza de "amantes de carne" (coberta com pepperoni, presunto, carne, bacon e salsicha), Blue Bell, uma porção de sorvete,  manteiga de amendoim, Fudge com amendoim esmagado, e uma porção equivalente a três cervejas de raiz.
Só que na hora de comer o cara olha pros policiais e disse "não estou com fome". Pronto, os policiais ficaram tão putos da vida que eles acabaram com toda a tradição, depois dessa nenhum prisioneiro tem o direito a última refeição, essa foi a última vez.



Philip Workman foi condenado a morte porque ele matou um policial, mas o que fez ele ficar famoso na mídia foi o seu pedida de uma última refeição, o cara queria apenas uma pizza vegetariana, só que ele queria que essa pizza fosse dada a um sem-teto que estivesse passando fome, a policia não gostou de seu pedido e negou ele, Workman então também se negou a comer qualquer coisa e foi morto de barriga vazia.
Porém a coisa não acabou aí, no mesmo dia da execução do prisioneiro, abrigos ao redor do Tennessee começaram a receber diversas doações de pizzas vegetarianas, um abrigo recebeu até 15 pizzas em homenagem ao ultimo pedido do prisioneiro, alimentando diversos desabrigados.


James Smith se envolveu em um "roubo que deu errado" e foi sentenciado a execução e quando chegou a hora de sua última refeição o cara surpreendeu todo mundo quando ele pediu um "pedaço de terra". Seu pedido foi rejeitado e ele recebeu yogurte como substituto.


Já Troy Davis decidiu quebrar as regras e quando pediram sua última refeição, ele disse que queria "nada", isso porque segundo ele essa não seria a sua última refeição, se ele tinha algum plano para escapar da prisão ou quis dizer que ele jantaria no pós mundo ninguém sabe, mas ele foi executado de barriga vazia.


Miguel Richardson foi acusado de matar dois guardas, seu último pedido: um bolo de aniversário, com 7 velas cor de rosa e a data de seu casamento no topo, muita fruta e uma salada, um pedido até simples se comparado ao dos outros prisioneiros.


Odelle Barnes decidiu fazer um pedido especial na sua última refeição, em vez de comida seu último pedido foi "Justiça, Igualdade e Paz mundial". Claro que os guardas não levaram isso a sério, e se ele recebeu comida ou não, não se sabe.


Um dos maiores serial killers do mundo Ted Bundy também teve acesso a uma "última refeição", o cara pediu basicamente um café da manhã: bife, ovos, torradas, leite, café, suco e Hash Brown.
Só que na hora de comer Bundy disse estar sem fome, algo comum pra quem sabe que vai morrer logo em seguida.

Condenado por assassinato e estupro serial Robert Buell se tornou famoso por causa de sua última refeição, ele pediu apenas uma azeitona preta com caroço, possivelmente o plano dele era que depois que ele fosse enterrado a azeitona começasse a brotar e nascesse uma oliveira em seu túmulo, algo que, claro, nunca aconteceu por diversos motivos.


William Bonin foi um cara terrível, acredita-se que ele deva ter matado e estuprado mais de 21 pessoas em sua vida antes de ser condenado a morte.
Em seu último pedido Bonin pediu duas pizza, sorvete de chocolate e 18 latas de Coca-colas, pra que tanta Coca ninguém sabe, mas foi um pedido bem incomum na época.



Ronnie Lee Gardner foi um criminoso condenado por roubo e assassinato, em 15 de junho de 2010 Gardner comeu uma última refeição de bife, cauda de lagosta, torta de maçã, sorvete de baunilha e o drink 7-Up, o diferencial é que por "motivos religiosos" Gardner começou um jejum de 48 horas enquanto observava a trilogia do filme O Senhor dos Anéis e lendo Divine Justice.


Saddam Hussein todo mundo conhece, mas ninguém sabe o que ele comeu antes de ser executado, segundo algumas fontes o criminoso pediu arroz com frango e água quente com mel, porém aparentemente seu pedido foi negado e ele teve de comer batatas fritas e hambúrguer, uma comida típica de seus inimigos americanos.


Hoyt Clines, Darryl Richley e James Holmes foram condenados a morrer no mesmo dia, mas o azar foi da cozinha da prisão, que teve de fazer uma refeição tripla, no total a última refeição tinha: 1 kg de camarão frito, batatas fritas, ketchup, pavê de banana e refrigerante (Hoyt); Filé grelhado, queijo curado, salada com queijo bleu e cerveja (Darryl); Linguiça defumada, queijo, cheeseburger duplo com picles, cebola, alface e maionese, batatas fritas com ketchup, uma cebola, um pepino, sorvete com bolo e Coca-Cola (James).


O pedido de Mauriceo Brown é um dos recordistas em quantidade de comida. O cara pediu 15 enchiladas com queijo e cebola, anéis de cebola, 8 pedaços de frango frito, 8 pedaços de frango assado, 8 pimentas, 10 tacos completos com recheio de carne, queijo, cebola e molho, 4 cheeseburgers duplos com queijo duplo e bacon duplo, 1 bisteca grelhada sem osso e com molho e 1 torta de pêssego.


Willie Francis não teve uma, mas duas últimas refeições. Em seu primeiro pedido Willie queria sorvete, mas seu pedido foi negado e ele comeu filé grelhado, o problema é que a cadeira elétrica falhou, e Willie não morreu dessa vez. Um ano depois em sua segunda execução Willie pediu bagre, batatas fritas, picles e refrigerante, essa sim foi sua última refeição.


O pedido de Gary Carl Simmons Jr, além de ser um dos maiores em quantidade, é um dos maiores em calorias, o assassino estuprador requisitou que lhe trouxessem uma Pizza Hut médio, Super Supremo Deep Dish pizza, 10 pacotes de queijo parmesão, 10 pacotes de molho, um saco de nachos Doritos tamanho família, 8 onças de nacho sabor jalapeno e queijo, 4 onças de fatias de pimentas jalapeno, 2 grandes milkshakes sabor morango, duas cocas de cereja, batatas fritas tamanho super do McDonald's com ketchup extra e maionese e dois sorvetes de morango. O prisioneiro do corredor da morte ainda pediu que a pizza viesse com uma porção dupla de molho de tomate, cogumelos, cebolas, pimentas jalapeño e pepperoni, e um acompanhamento regular de 3 queijos, azeitonas, pimentão, tomate, alho e salsicha italiana.
No total sua "refeição" tinha mais de 29.000 calorias, fazendo dela uma das maiores do mundo.

Quer mais curiosidades e humor? Clique aqui, curta nossa página e se divirta todos os dias da semana.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...