segunda-feira, 22 de maio de 2017

A origem dos palavrões e xingamentos que você não conhecia

Um palavrão é o jeito popular de se chamar as palavras de baixo calão, que basicamente são palavras ou gírias que podem ser ofensivas, essas palavras diferem para cada um, alguns acham a palavra "Merd@" ofensiva, outras não, antigamente não se podia dizer a palavra "Diabos", hoje ninguém tem problema com ela, por isso é difícil dizer o que um palavrão de verdade, mas agora você vai ver a origem dos mais usados.


Por incrível que pareça "Diabos" era uma espécie de palavrão antigamente, as pessoas mais religiosas achavam ela ofensiva, alguns até achavam que ela fosse atrair má sorte quando dita em voz alta, mas com o passar do tempo e com o surgimento de novos palavrões essa palavra perdeu seu status de taboo.


Em quase todas as culturas os palavrões são palavras relacionadas ao corpo humano ou ao sexo, e muitas vezes elas tinham um significado completamente diferente antes de virarem "proibidas", por exemplo a palavra "Put@" que no Brasil é gíria para prostituta.
A origem desse palavrão assim como muitos outros vem do latim, para eles Putta significava apenas menina, existe até mesmo uma deusa romana chamada Puta, ela era a deusa da agricultura. Porém conforme a cultura europeia foi evoluindo as mulheres foram sendo cada vez mais julgadas, principalmente pelos religiosos, em algum momento de 1600 "Put@" virou gíria para "mulher ruim", não demorou muito para mulher ruim virar prostituta e assim nasceu o palavrão.



"Merd@" nem precisa de explicação né? Todo mundo sabe que a palavra é uma gíria para fezes, e essa gíria também tem origem no latim. O palavrão é tão antigo que já era usado no século I em sentido figurativo pelo poeta Marcial: "Sed nemo potuit tangere: merda fuit" ("Mas ninguém pôde tocar: foi uma merda") com o passar do tempo ele se popularizou entre os franceses (Merde) e era assim que os atores desejavam boa sorte uns pros outros.
Hoje em dia "Merd@" é considerada um palavrão por alguns e por outros não, tudo depende de onde você mora e de quem está falando.


Quando você bate seu dedinho na quina da cama, você pode acabar gritando algo como "C@r@lh0", mas quase ninguém sabe o que essa palavra realmente significa.
Você já viu um navio, daqueles antigos da época das grandes navegações? E você reparou que esses navios tinham um mastro com uma espécie de plataforma no topo de onde os navegadores viam o horizonte? Pois é, aquilo é um caralho.
Segundo a Academia Portuguesa de Letras, caralho é a palavra com que se denominava a pequena cesta que se encontrava no alto dos mastros das caravelas, de onde os vigias perscrutavam o horizonte em busca de sinais de terra.
O caralho era também uma forma de punição, quem não se comportasse no navio ia parar lá em cima, por isso a palavra ganhou uma conotação ruim, acredita-se que foram os marinheiros que popularizaram esse palavrão, o que não é nenhuma surpresa, já que todo mundo sabe que marinheiros adoram xingar.


Outra palavra que as pessoas podem dizer quando estão com raiva é "P0rr@", e assim como as outras palavras nessa lista, ela não tem nada de ruim, são as pessoas que pensam que tem.
Porra vem de porrete, esse era o nome de uma arma chamada clava, que tinha ponta arredondada com pedaços de metal, literalmente ninguém no campo de batalha queria ser atingido por aquela "P0rr@" porque doía, e obviamente podia matar pessoas.


Outro palavrão muito utilizado em nossa língua é o "C#", que normalmente significa orifício por onde saem excrementos, muitos palavrões vem de excrementos do corpo humano, mas Cu não tem nada a ver com humanos. 
Cu é o nome dado para aquele buraco da agulha por onde se passa a linha, sacou? "Buraco", cu também é o nome da parte inferior dum poleame oposta à cabeça, por onde passa o cabo. 
Basicamente cu era sinônimo de buraco e por isso pode ter sido designado para aquela parte do corpo humano.


Palavrões são palavras que visam ofender pessoas, por isso as pessoas se esquecem que palavras mais amenas como "Idiota" e "Otário" também são palavrões, já que eles são usadas como ofensa.
Idiota vem da palavra grega idiotes que significa homem privado, ou seja, aquele que fica afastado da vida pública e só se preocupa com seus problemas. Na Grécia antiga, onde o dever cívico era muito valorizado, o termo acabou sendo usado para desqualificar quem não fazia nada para ajudar.
Já Otário acredita-se que seja um palavra do lunfardo, uma língua não oficial que surgiu nos bairros pobres de Buenos Aires, na Argentina, no fim do século 19. No original portenho, o termo significa algo como homem ingênuo. Em português, a ingenuidade acabou associada à tolice e a idiotice.
Babaca pode ter vindo da palavra em latim baburrus que significa tolo, ou do português, como adaptação de basbaque, que é a pessoa que fica espantada ou impressionada com tudo.


"Vadia" é um jeito ofensivo de se chamar mulheres (e as vezes homens também), essa palavra deriva do masculino vadio que basicamente vem de vadiagem, ou seja, uma vadia é uma pessoa que não faz nada ou que tem muito tempo livre.
Como essa palavra virou um palavrão ninguém sabe ao certo, mas pode ter sido porque prostitutas costumam ter muito tempo livre, e passam uma boa parte do dia paradas esperando seus clientes chegarem.


"Crioulos" é um jeito ofensivo de se referir aos negros, a palavra tem origem durante o século XIX, naquela época Crioulo era o filho do europeu ou africano nascido na América ou o filho de um casamento inter-racial em que um dos pais era espanhol.
Como crioulos podiam ser escravos o termo logo se tornou algo que os brancos falavam para humilhar os negros, comparando eles aos escravos de antigamente.


Os homofóbicos se referem aos homens gays como "Viados", ás vezes a palavra também pode ser usada para ofender homens héteros que se ofender ao ser comparado com os gays.
A palavra, como você já deve ter imaginado, vem do animal chamado veado, existem várias explicações de porque as pessoas adotaram esses termos, primeiramente veados podem ser considerados animais delicados, eles são caçados facilmente e se movem de maneira saltitante e delicada, eles também correm muito e durante a década de 20 os gays tinham de correr de pessoas que queriam linchar eles como os veados corriam de caçadores. Também se sabe que veados podem apresentar cenas de homossexualismo na natureza.


Se homens gays são "Viados" as mulheres homossexuais são "Sapatões", mas por que elas são chamadas assim? Não dá pra saber com 100% de certeza, mas acredita-se que seja por que as mulheres lésbicas podem se vestir de homens, e como normalmente homens tem pés maiores as lésbicas tinham de usar sapatos masculinos de número maior do que o pé delas, muitos achavam essa aparência ridícula e chamavam elas de "Sapatas", "Sapatonas" e também "Sapatões".


Se você está com raiva de alguém você manda essa pessoa ir se "F#d3r", ou você apenas diz "F0d4-se", acredita-se que essa palavra tenha origem no latim "Futuere" que basicamente significa relação sexual, mas não se tem muitas evidências disso.


Quando uma pessoa é traída por seu parceiro ela fica conhecida como "C0rn0". "Cornos" são na verdade outra jeito de dizer "Chifres", por isso também se chamam os cornos de chifrudos.
O xingamento teria surgido de uma lenda na qual a cabeça do homem traído começa a doer na região da testa, onde depois surgiriam cornos.


Nem todos os xingamentos usam palavras, e o mais famoso gesto obsceno é com certeza o "dedo do meio", basta levantar esse dedo para todos a sua volta se sentirem constrangidos.
Basicamente, tudo começou na pré-história. Antropólogos acreditam que primatas mais agressivos mostravam suas partes intimas aos seus inimigos como uma forma de intimidá-los. O dedo representa o órgão sexual masculino. 
Esse gesto ficou tão famoso que os romanos deram até nome pra ele: "digitus infamis". Segundo o livro Gestures, their Origin and Distribution (Gestos, sua Origem e Distribuição), o zoólogo britânico Desmond Morris sustenta que o imperador Calígula (12-41) humilhava os seus súditos obrigando-os a beijar seu dedo do meio em vez de sua mão, ajudando a fazer do gesto um insulto ainda maior.

Se você curtiu a matéria então curta também nossa página no Facebook: Real World Fatos, lá você vai encontrar prints e tirinhas engraçadas, e todas as principais matérias do site, tenha um bom dia.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...