Loading...

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Conheça produtos que as próprias empresas se arrependeram de ter criado #2

No mundo dos negócios vale tudo, mas algumas ideias são tão obviamente ruins que você tem de se perguntar como as empresas concordaram com isso.
Conheça agora a história de mais alguns produtos que as próprias empresas devem ter se arrependido de terem criado. Muitos desses itens vão fazer parte do "Museu dos Fracassos", um museu dedicado a burradas comerciais e fracassos em geral que vai ser aberto no futuro pelo Dr. Samuel West.

Em 1974, a gigante do setor de alimentos para bebês, Gerber, teve a idéia de criar uma "comida para bebês para adultos". Gerber acreditava que havia um mercado de adultos que queriam comer igual crianças, mas eles estavam errados. Os consumidores não achavam os potes de carne muito apetitosos e a Gerber Singles falhou miseravelmente.

O MacDonalds é uma empresa muito conhecida, mas eles também tiveram os seus erros, incluindo esse "hambúrguer de luxo" que vinha com um "molho secreto para adultos" que nada mais era do que maionese com mostarda.
O Arch Deluxe foi lançado em 1996 e eles investiram US$ 100 milhões em propagandas, fazendo esse um dos fracassos alimentícios mais caros da história.


Se a MacDonalds comete erros o Burger King não fica atrás, a idéia era boa: batatas fritas saudáveis, mas não foi o que eles esperavam.
Eles introduziram o Satisfries em 2013 como uma alternativa as fritas de outros restaurantes, ela tinha menos gordura e menos calorias. Mas o que o Burguer King não levou em consideração é que as pessoas não ligam pra sua saúde, elas só querem comer porcarias, os consumidores não gostaram dessas batatas fritas e eles voltaram a receita original.

O Sony Betamax foi lançado em 1975 e foi um grande erro porque seus rivais começaram a vender máquinas VHS. Esse tijolão servia para gravar programa de TV em fitas cassete. 
O formato Betamax foi esmagado pelo VHS. Os consumidores preferiram o VHS principalmente porque o tempo de gravação deles era de 2 horas e permitia que a maioria dos filmes fossem gravados sem uma troca de fita.


Introduzida em 2009, a Vio, uma bebida da Coca-Cola Company, não conseguiu conquistar o coração do consumidor moderno. Por quê? Provavelmente porque leite misturado com água gaseificada é uma combinação muito estranha e não parece nada saudável.

O Segway foi lançado em 2001 com expectativas muito altas. No entanto, este veículo de duas rodas não conseguiu sobreviver a expectativa, isso porque ele veio com um preço de US$ 5.000 e, apesar de ser inovador, ele simplesmente não é algo necessário na vida das pessoas.

Em 2006, a Microsoft criou o Zune, um produto que deveria rivalizar com o famoso iPod. No entanto, o Zune não conseguiu convencer os consumidores de que estava no mesmo nível do rival. Em 2011, os Zune foram descontinuados.


Em 2003, antes de todos jogarem em seus smartphones, a Nokia decidiu combinar telefones e jogos em um só aparelho. Mas a empresa esperava uma melhor recepção ao seu Nokia N-gage, que acabou sendo uma falha total. 
Este 'telefone de taco', como algumas pessoas começaram a se referir a ele, só conseguiu atingir um terço de seus 6 milhões de unidades em vendas.

Na era da informática computadores geram muito lucro, mas os computadores Hot Wheels e Barbie vieram com tantos problemas de fabricação que levaram a empresa literalmente à falência, com milhares de pedidos nunca produzidos.

Em 1957, a Ford Motor Company fabricou um carro chamado Edsel. A empresa investiu US$ 400 milhões no desenvolvimento, fabricação e marketing com a crença de que Edsel era o "carro do futuro". 
No entanto, uma vez que foi revelado ao público, falhou tanto para atrair os consumidores, que a Ford acabou perdendo US$ 250 milhões. O Edsel foi retirado do mercado em 1960 e se tornou um exemplo de como não comercializar um produto.

Quando a Starbucks lançou o Unicorn Frappuccino, as adolescentes americanas ficaram loucas e postaram o café colorido em todas as redes sociais possíveis. No entanto, o gosto não era tão bom quanto as fotos e deixou muitas pessoas desapontadas, o suficiente para a Starbucks considerar o produto um fracasso.

A Four Loko costumava ser uma bebida alcoólica combinada com cafeína, mas o drink foi objeto de preocupações éticas, legais e até de saúde. Em 2011, a FDA declarou que as bebidas eram um problema de saúde pública e o drink foi descontinuado.

Estima-se que a Apple produziu 100.000 unidades do console Pippin em 1995 e apenas 42.000 foram vendidas. Acontece que o console que supostamente era para jogos, navegação na web e dispositivo educacional não era tão atraente para os consumidores quanto os outros consoles.

Filmes que não dão lucro são muito comuns, daria pra fazer uma lista inteira de arrependimentos só com eles, mas Mars Need Mom (Marte Precisa de Mães) é lembrado até hoje por seu fracasso.
O filme de animação da Disney custou US$ 150 milhões para ser produzido e provavelmente mais US$ 50 milhões foram usados para marketing. No fim o filme fez apenas US$ 6,9 milhões em sua estreia nas bilheterias domésticas. É considerado o pior fracasso de 2011.

A Starbucks e a Pepsi se juntaram em 1995 para produzir este refrigerante de café com gás. As pessoas não podiam decidir se gostavam ou odiavam a bebida, sem vender as quantidades esperadas a bebida foi descontinuada sem dó pelas empresas.

Esse CD do tamanho de um vinil era o Laserdisc da Phillips que foi lançado em 1978, a ideia e o produto eram até bons, ele tinha uma qualidade de som e imagem mais alta do que as alternativas da época. Mesmo assim as pessoas não se impressionaram e o produto desapareceu das prateleiras por um bom tempo.

A Microsoft lançou um software chamado Bob em 1995. O Bob deveria tornar as páginas mais amigáveis ​​ao transformar a tela da área de trabalho em uma imagem de uma sala para ajudar os usuários a encontrar e entender melhor os programas. No entanto, foi uma enorme bagunça inviável e Bob foi descontinuado apenas um ano depois.

Antes do famoso Tesla, em 1996 a General Motors apresentou o EV1 como o primeiro carro elétrico produzido em massa. Foi um grande sucesso entre consumidores e ambientalistas. No entanto, seis anos após o lançamento, a General Motors recolheu o modelo alegando problemas de responsabilidade e peças sobressalentes, deixando algumas pessoas com muita raiva.

Que gamer não se lembra do Virtual Boy? Feito pela Nintendo em 1995 ele era o sonho de consumo de qualquer garoto, sendo um predecessor para a realidade virtual de hoje.
Mas devido ao preço caro e criticas ruins o "futuro dos games" falhou miseravelmente.

O CueCat deveria servir como uma ponte entre o mundo da mídia impressa e a internet. Depois de ligar o dispositivo a um PC, os consumidores poderiam usá-lo para escanear códigos de barras em revistas, o navegador então abriria um site especializado associado ao código de barras. O produto deixou todo mundo coçando a cabeça de tão confuso e foi descontinuado depois que foi considerado inútil por muitas pessoas.


Leite e cereais são uma combinação famosa e a Kellogg's sabe bem disso. Mas muito de uma coisa boa pode ser ruim. Em 1998, a empresa surgiu com a ideia de vender leite e cereais na mesma caixa, junto com uma colher. 
Esta poderia ter sido uma ideia boa e conveniente. Mas depois de gastar US$ 30 milhões em anúncios de TV e impressos, eles perceberam que haviam cometido um erro. As caixas não eram gostosas e muito menos convenientes.

O Ford Pinto (e não, o nome não foi o motivo de seu fracasso) trouxe enormes prejuízos financeiros à empresa e prejudicou sua reputação. A razão por trás disso é bem macabra, o carro é conhecido por incêndios mortais relacionados a colisões traseiras. Esses acidentes resultaram em muitos feridos em cerca de 117 ações judiciais contra a Ford.

Em 1998 o Dreamcast deveria colocar a Sega de volta no jogo. Como se constata, o Dreamcast não era tão bom quanto o PS2. Isso levou a uma decisão para a empresa abandonar o negócio de consoles e se tornar um desenvolvedor de terceiros.
Outro problema é que era muito fácil piratear os jogos do Dreamcast já que eles não eram codificados.

Em 2008, quando o mundo virtual "Second Life" estava prosperando, o Google decidiu copiar ele criar sua própria versão chamada "Lively". Acabou sendo uma péssima ideia e "Lively" foi fechado em menos de um ano.


Em 1990, a Coors Brewing Company decidiu lançar sua primeira bebida não alcoólica desde a Lei Seca, mas muitas pessoas ficaram confusas com a água espumante da Coors Rocky Mountain, já que tinha um nome e um rótulo semelhantes ao da cerveja Coors. O produto foi descontinuado em 1997 e as baixas vendas obrigaram a Coors a continuar vendendo cerveja.

A Maxwell House teve a ideia de vender café pré-fabricado numa caixa de papelão. O problema claro é que o café não era tão bom e ainda por cima vinha frio. As pessoas preferiam fazer seu próprio café do que comprar esse aqui.

No final dos anos 90, a Napster foi lançada. A startup oferecia serviços gratuitos de compartilhamento de músicas e era usado por mais de 80 milhões de pessoas, era um dos maiores sucessos da década, eles só se esqueceram de pedir permissão antes de compartilhar. Logo processos contra a empresa por violação de direitos autorais começaram a se acumular e o Napster teve que encerrar seus serviços.

Em 2013, a Lululemon teve que de recolher suas calças Astro porque eles esqueceram de avisar que elas eram transparentes. A empresa perdeu muita grana e foi processada por por seus clientes.


Em 1990, a Harley Davidson foi longe demais com a extensão da marca. A colônia da legendária empresa de motos deixou de interessar os consumidores e fez a Harley Davidson perceber que eles deveriam parar de esticar a marca para outras categorias de produtos e se focar em motos.


A HP tentou competir com o iPad em 2011, criando o TouchPad. No entanto, o novo tablet era como qualquer outro tablet no mercado que não oferecia absolutamente nada novo. Durou apenas 49 dias no mercado vendendo apenas 20.000 unidades.

Quando esse player de áudio foi lançado, provavelmente era o menor player da época. No entanto, foi um fracasso completo porque apenas suportava o formato ATRAC3 da Sony. Portanto, não havia suporte para MP3, WAV ou WMA. Além disso, o preço era muito alto para valer a pena.

Antes de a Apple criar o iPhone, eles se juntaram à Motorola para criar um novo iTunes. Infelizmente (para eles), o que eles criaram foi um telefone com pouca capacidade e armazenamento limitado e que teve dificuldade em carregar músicas, a única coisa que eles deveriam fazer bem.

Em 2009, a Vegemite fez um concurso e recebeu 48.000 sugestões para o nome da nova pasta à base de queijo que eles iam lançar. De todas as ideias que receberam, decidiram ir com iSnack 2.0. O nome tecnológico foi amplamente ridicularizado.

Em 2004, o Oakley THUMP foi lançado como o primeiro player de áudio embutido em óculos de sol, era uma revolução tecnológica. 
Som fraco, um preço alto (de US$ 249 a US$ 349) e o design ruim foram a "causa da morte" do produto.


O Newton era um assistente digital pessoal desenvolvido pela Apple. Foi o primeiro dispositivo a apresentar reconhecimento de manuscrito. À primeira vista, o dispositivo era inovador, mas foi posteriormente descontinuado devido a problemas com o recurso de reconhecimento de manuscrito e, claro, ele custava uma nota alta.

Em 1964, a DuPont lançou sapatos Corfam com couro sintético. Eles foram anunciados como uma alternativa muito melhor para sapatos de couro, no entanto, eles fracassaram depois que as pessoas começaram a reclamar que os sapatos estavam rígidos e muito quentes. Isso resultou na empresa perdendo mais de US$ 100 milhões.


Em 1998, a principal empresa de salgadinhos decidiu lançar uma nova bebida. Eles acreditavam que a limonada Frito-Lay iria bem com suas batatas fritas, mas os consumidores discordaram. 
A limonada foi logo arquivada depois de não interessar os consumidores

Para atrair mais clientes, em 2013 o McDonald adicionou as Mighty Wings ao seu cardápio. Mas esta nova adição não conseguiu ter sucesso. Acredita-se que o motivo desse fracasso foi o preço, o gosto medíocre e a aparência que não era suficientemente apetitosa. As "Asas poderosas" duraram apenas um ano no mercado.

Se você gostou dessa matéria venha curtir nossa página no facebook, lá tem mais matérias todos os dias para você se entreter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...