Loading...

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Curiosidades sobre países #23 - Significado das bandeiras

Cada país tem sua própria bandeira, algumas são reconhecidas por suas belezas, outras por sua simplicidade e outras são apenas bizarras demais para deixar passar.
Mesmo assim cada bandeira tem seu próprio significado e hoje nós vamos mostrar alguns deles. E se você gostar dessa matéria, você sempre pode clicar aqui para ler as outras partes dela ou apenas pra matar a sua curiosidade.

A bandeira do Reino unido é chamada de Union Flag, mas o povo a chama de Union Jack. Uma das bandeiras mais antigas do mundo, a Union Jack é na verdade uma combinação de três bandeiras diferentes com símbolos dos santos patronos dos três países: Inglaterra e País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte. 
A Inglaterra e o País de Gales são representados pela cruz vermelha de São Jorge no fundo branco; A Escócia é representada pela cruz branca de St. Andrew no fundo azul; e a Irlanda do Norte é representada pela cruz de São Patrício, a cruz vermelha diagonal no fundo branco. A bandeira britânica foi adotada em 1 de janeiro de 1801.
Abaixo você pode ver as 3 bandeiras separadamente.




Na bandeira da Malásia as 14 listras vermelhas e brancas, bem como os 14 braços da estrela representam os 13 estados membros e o distrito federal de Kuala Lumpur, significando sua igualdade de status. Enquanto os símbolos da Lua e da Estrela representam a religião dominante do país, o Islã, a cor amarela é a cor real tradicional do país. 
O retângulo azul, originalmente adotado da Union Flag quando o país era uma colônia britânica, agora significa a unidade do povo. A bandeira foi adotada em 26 de maio de 1950

As cores da bandeira sul-africana não têm nenhum simbolismo oficial. No entanto, eles têm significado histórico. Enquanto as cores preta, verde e amarela são uma ode ao partido político de Nelson Mandela, o Congresso Nacional Africano, o vermelho, o branco e o azul lembram as bandeiras dos colonos europeus. O formato de "Y" representa os diversos elementos da nação e sua convergência para um caminho unificado. A bandeira foi adotada em 27 de abril de 1994.

A bandeira nigeriana é composta por três faixas verticais de tamanho igual. A cor verde representa a vegetação do país e sua indústria agrícola, o branco significa o desejo do país por paz e união. A bandeira foi adotada em 1º de outubro de 1960 quando o país finalmente se libertou do controle britânico depois de 160 anos de lutas.

A bandeira sul-coreana é oficialmente chamada de “Taegukgi”, que significa “grande polaridade”. A cor branca é a cor tradicional do povo coreano, e significa paz e pureza. O emblema no centro simboliza as forças cósmicas yin (azul) e yang (vermelho) que são necessárias para manter um equilíbrio harmonioso. 
Já os quatro trigramas negros, ou "kwae", em cada canto da bandeira representam o céu, a terra, a água e o fogo. A bandeira foi adotada em 25 de janeiro de 1950.

Muitas vezes chamado de "The Stars and Stripes" ("Listras e Estrelas") ou "Old Glory" ("Velha Glória"), a bandeira americana apresenta 13 listras representando as 13 colônias originais do país: Connecticut, Delaware, Geórgia, Maryland, Massachusetts, Nova Hampshire, Nova Jersey, Nova York, Carolina do Norte, Pensilvânia, Rhode Island, Carolina do Sul e Virgínia. 
As 50 estrelas denotam os 50 estados individuais da nação. Enquanto a cor vermelha significa firmeza e bravura, o azul representa vigilância e justiça, e o branco significa pureza e inocência. A bandeira foi adotada em 14 de junho de 1777.

A bandeira dos nosso vizinhos argentinos consiste em três faixas horizontais: as faixas azuis representam o céu limpo do país, a cor branca representa a neve dos Andes. 
O sol com um rosto humano na faixa branca, chamado Sol de Maio, tem características do deus Inca do Sol, simboliza a independência da Argentina. A bandeira foi adotada em 27 de fevereiro de 1812.

A bandeira do Bangladesh tem um círculo vermelho sobre um fundo verde. A cor vermelha denota o sol nascente e os sacrifícios feitos pelo povo da nação pela sua independência. O verde, por outro lado, significa a vegetação e a vitalidade do país. 
Curiosamente, o círculo vermelho é colocado ligeiramente para a esquerda, para que ele pareça estar no centro quando a bandeira está voando em um mastro. A bandeira foi adotada em 17 de janeiro de 1972.

A bandeira da Etiópia é composta pelas cores pan-africanas: verde, amarelo e vermelho, em três faixas horizontais. O verde denota esperança e fertilidade da terra, o amarelo significa justiça e harmonia, e o vermelho simboliza sacrifício e heroísmo em defesa do país. 
O disco azul no centro representa a paz, e o pentagrama significa unidade e igualdade entre o povo etíope. A bandeira foi adotada em 31 de outubro de 1996.

A bandeira da Áustria é outra das bandeiras mais antigas do mundo, a bandeira austríaca tem uma história sangrenta, literalmente. Depois de uma batalha durante a Terceira Cruzada a túnica branca de Leopold V estava completamente manchada de sangue, exceto a área sob o seu cinto. Acredita-se que esta combinação vermelho-branco-vermelho tenha sido a inspiração para a bandeira do país. 
A bandeira está em uso desde 1191 e foi re-adotada após a Segunda Guerra Mundial em 1 de maio de 1945.

Conhecida como a "Bandeira da Folha de Bordo", a bandeira do Canadá tem apenas duas cores: vermelha, derivada da cruz de São Jorge e branca, derivada do emblema real francês. 
Uma folha de bordo de 11 pontas é colocada no centro da faixa branca. Ela foi incluído após uma prolongada campanha liderada pelo primeiro-ministro Lester B. Pearson, que notou que durante a Primeira Guerra Mundial, muitos batalhões canadenses incluíam uma folha de bordo em suas insígnias. A bandeira em sua forma atual foi adotada em 15 de fevereiro de 1965.

Acredita-se que essa seja a bandeira nacional continuamente usada mais antiga do mundo, a bandeira dinamarquesa apresenta uma cruz branca irregular sobre um fundo vermelho. 
A cruz representa o cristianismo. Segundo a lenda, a bandeira caiu dos céus em 15 de junho de 1219, quando o rei Waldemar II derrotou os estonianos. No entanto, de acordo com os historiadores, o design da bandeira foi derivado de antigos banners cruzados. A bandeira foi adotada oficialmente como a bandeira do estado em 1625.

As cores da bandeira alemã lembram a bandeira medieval do Sacro Império Romano. As três cores também podem ser rastreadas até as cores dos uniformes dos soldados que lutaram pelo país durante as guerras napoleônicas. A bandeira atual foi adotada em 23 de maio de 1949.

A porção vermelha da bandeira da Coreia do Norte simboliza o comunismo do país e o patriotismo revolucionário. As duas listras azuis representam a soberania, enquanto as faixas brancas estreitas denotam pureza. 
A estrela vermelha representa a filosofia comunista, e o círculo branco simboliza a filosofia yin-yang. A bandeira foi adotada em 8 de setembro de 1948.

A bandeira australiana apresenta a Bandeira da União no canto superior esquerdo, o que representa sua colonização pelos britânicos. Logo abaixo da Union Flag há uma estrela de sete pontas, a estrela da federação, representando cada um dos seis estados do país e um ponto para seus territórios. 
A metade direita da bandeira apresenta a constelação da Cruz do Sul, que é visível de todos os estados e territórios australianos. A bandeira foi adotada em 3 de setembro de 1901.

Chamada de "Tricolore francês", a bandeira da França é inspirada em uma roseta vermelha, branca e azul, que foi usada pelo rei Luís XVI durante uma reunião revolucionária em Paris. 
O branco é uma cor tradicional da realeza francesa, enquanto o vermelho e o azul são uma ode às cores vivas de Paris, a capital nacional. Ao longo dos anos, as cores vermelho, branco e azul passaram a representar a liberdade, a igualdade e a fraternidade, os ideais da Revolução Francesa. A bandeira foi oficialmente adotada em 15 de fevereiro de 1794.

Essa é a bandeira das Filipinas, a faixa horizontal azul indica justiça, enquanto o vermelho significa coragem. O triângulo branco representa igualdade. 
O sol no centro do triângulo representa a independência do país, enquanto os raios do sol simbolizam as oito províncias que se revoltaram contra o domínio espanhol que levou à revolta filipina. 
As três estrelas em cada canto do triângulo representam as principais divisões geográficas da nação: Luzon, Mindanao e Visayas. Embora originalmente adotada em 1898, a bandeira atual com pequenas alterações foi re-adotada em 16 de setembro de 1997.

As quatro pequenas estrelas simbolizam as classes sociais da sociedade chinesa, são elas a classe trabalhadora, o campesinato, a pequena burguesia urbana e a burguesia nacional. 
Já a grande estrela dourada e a cor vermelha simbolizam a revolução comunista. A bandeira foi oficialmente adotada em 1º de outubro de 1949.

Na bandeira de Bahrain a faixa branca serrilhada com cinco pontos representa os cinco pilares do Islã. A cor vermelha é uma escolha tradicional de todas as bandeiras dos estados do Golfo Pérsico. 
Até 2002, a bandeira tinha oito pontos brancos, que depois foram reduzidos a cinco para evitar confusão com a bandeira do Qatar. A bandeira original foi oficialmente adotada em 1932.

A bandeira da Cidade do Vaticano tem duas metades verticais: a metade amarela significa o poder espiritual do papa, enquanto o branco denota sua autoridade mundana. 
O brasão na parte branca consiste de duas chaves de São Pedro cruzadas e uma tiara papal de três camadas no topo. Embora introduzido em 1825, foi oficialmente adotado em 8 de junho de 1929.

A bandeira do Camboja consiste em três faixas horizontais em combinação azul-vermelho-azul. Enquanto a cor azul denota a realeza da nação, o vermelho representa a nação em si. 
Um templo de três torres no centro representa o Angkor Wat, o maior monumento religioso do mundo localizado no país. 
Adotada após a independência do Camboja em 1948 até 1970, a bandeira foi reintroduzida em 1993.

Conhecida como “tiranga”, que significa “tricolor”, a bandeira indiana originalmente deveria representar os dois principais grupos religiosos da nação, o laranja para os hindus e o verde para os muçulmanos. A faixa branca era para significar a paz desejada entre as duas comunidades. 
Os significados evoluíram ao longo do tempo. O laranja agora significa coragem e sacrifício, o branco representa a verdade e a pureza, e o verde simboliza fé, fertilidade e cavalheirismo. 
A "roda da lei" representa o círculo infinito da vida, enquanto os seus 24 raios servem para denotar cada hora do dia. A bandeira foi adotada de vez em 22 de julho de 1947.

A bandeira do Nepal é a única bandeira nacional que não é retangular. A bandeira tem dois triângulos sobrepostos em vermelho que representam as montanhas do Himalaia e as duas principais religiões da nação: o hinduísmo e o budismo. 
O contorno azul é simbólico da natureza pacífica do país. Originalmente, a lua e o sol representavam a família real e a família do primeiro-ministro. Eles agora são conhecidos por representar o desejo da nação de existir enquanto os corpos celestes viverem. A bandeira atual foi adotada em 12 de dezembro de 1962.

A bandeira mexicana consiste em três faixas verticais iguais nas cores verde, branca e vermelha. O verde denota esperança e alegria, o branco simboliza a paz e a religião, e a faixa vermelha representa a independência da nação. 
O brasão mexicano na faixa branca simboliza a herança asteca do país. Segundo a lenda, os deuses aconselharam o errante povo asteca a se estabelecer em um local onde eles vissem uma águia se alimentando de uma cobra, empoleirada sobre um cacto. A cidade que eles fundaram era Tenochtitlan, que atualmente é conhecida como Cidade do México. A bandeira atual foi adotada em 16 de setembro de 1968.

A bandeira dos Emirados Árabes Unidos foi criada em 1971. Segundo a Gulf News, a cor branca representa a paz e a honestidade, a negra representa a derrota dos inimigos, a cor vermelha pela coragem e bravura e o verde representa a esperança e otimismo.

A bandeira do Botswana tem um centro preto, duas faixas brancas e azuis claras na parte superior e inferior. As cores preto e branco denotam harmonia e correspondem ao brasão nacional. 
Quanto à cor azul ela representa a dependência do país em relação à água, pelo menos de acordo com a Embaixada do Botswana. A bandeira  foi adotada em 30 de Setembro de 1966.

E por último vamos falas da nossa bandeira, você já deve ter ouvido falar que o verde representa nossas matas, o amarelo nosso ouro e o azul a nossa água certo? Tudo mentira, se você leu essa matéria aqui você já sabe mas essas cores representam outras coisas.
A cor verde é em referência à casa de Bragança, da qual fazia parte D. Pedro I, a amarela simbolizava a casa de Habsburgo, da qual fazia parte D. Leopoldina.
As 27 estrelas da bandeira representam os 26 estados e 1 distrito federal do país e estão dispostas no azul, que representa o céu noturno. As estrelas estão na posição de constelações, se quiser ver elas em detalhes leia essa matéria aqui.

Agora que você já leu a matéria, venha conhecer e curtir o nosso facebook: Real World Fatos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...