Loading...

sábado, 5 de janeiro de 2019

Curiosidades e fatos sobre gangues

Gangues continuam a crescer todos os anos, cada vez com mais membros e cometendo mais crimes, mas existem alguns fatos e curiosidades sobre elas que muita gente desconhece.
Confira agora algumas das melhores curiosidades e fatos sobre gangues.

Apenas nos E.U.A existem cerca de 33.000 gangues com mais de 1,4 milhões de membros, no mundo todo esse número pode quintuplicar.

A maior parte dos gangstas são latinos (47% do total) seguido de negros (31%), brancos (13%) e asiáticos (6%). 
Para se ter uma ideia os Latin Kings (uma das maiores gangues latinas do mundo) se encontram em 41 dos 50 estados americanos.

Cada país normalmente tem suas próprias gangues (que podem ou não se espalhar para outros países). Como nem todos os membros tem passagem pela policia nem mesmo o FBI sabe quantos membros cada gangue tem.
Uma das maiores gangues dos EUA são os Crips que tem entre 33.000 e 55.000 membros, já a maior gangue brasileira é o Primeiro Comando da Capital (PCC) que tem 30 mil membros, bem menos do que os americanos.

Já o maior gangue do México é provavelmente o Cartel de Sinaloa, junto com outras gangues que trabalham pra eles o cartel tem cerca de 120.000 membros ou mais. Maior do que as maiores gangues americana e brasileira juntas.

A Ásia não fica atrás, a China tem algumas das maiores gangues do mundo, só que eles não se chamam de gangues, cartéis ou máfia, eles se chamam de tríades. A Sun Yee On tem entre 55.000 a 60.000 membros. 

Eles são tão famosos que até já aparecem em vídeo-games, o jogo Sleeping Dogs por exemplo conta a história de um policial que se infiltra na tríade, só que para não ter problemas com a gangue de verdade os produtores mudaram o nome deles no jogo de Sun Yee On para Sun On Yee. 
Muitas das histórias do jogo são baseadas em fatos reais, eles apenas mudaram os nomes dos personagens.

Curiosamente quem é o culpado pelas gangues é na maioria das vezes o governo. Por exemplo: a máfia italiana só existe nos E.U.A porque o governo quis proibir bebidas alcoólicas (a pedido de algumas mães preocupadas) criando espaço para o tráfico de bebidas.
E duas das maiores gangues dos EUA, os Crips e Bloods, só existem hoje porque a policia matava muitos negros inocentes, então eles resolveram se juntar para não morrer e criaram as gangues.


No Brasil acontece praticamente a mesma coisa, o PCC por exemplo só existe porque policiais resolveram matar vários presos no que ficou conhecido como Massacre do Carandiru, se eles não tivessem feito isso o PCC (e todas as gangues inspiradas nele) não existiriam de maneira tão forte no nosso país.

Isso sem contar que muitos policias, políticos e pessoas que trabalham para o governo são na verdade membros de gangues. 
Para se ter uma ideia as gangues nos E.U.A são tão influentes que elas até tem membros dentro do exército, e os carteis mexicanos também tem muitos soldados trabalhando e dando armas para eles.

A policia também não fica atrás, para muitas gangues os policiais são apenas criminosos rivais, para se ter uma ideia a policia comete tantos (ou até mais) crimes do que muitas gangues, e nos E.U.A eles matam mais animais domésticos do que todas as gangues juntas.

Cada gangue pode ter a sua própria língua, escrita e símbolos. Por exemplo os Crips  não podem escrever nada que contenha as letras "ck" na palavra, porque essas iniciais significam Crip Killer (Matador de Crips) então eles usam dois "cc" no lugar, por exemplo Kick vira Kicc, Back vira Bacc.
E para se cumprimentar os membros da gangue Blood usam o símbolo de mão acima, porque se você prestar atenção os dedos formam as letras da palavra blood.

Joseph Colombo, que iniciou a Liga dos Direitos Civis ítalo-americana para protestar contra a representação de italianos como criminosos no entretenimento, era na verdade o chefe da Família Criminosa Colombo.

A policia sabe que eles não podem competir diretamente com as gangues, por isso muitas vezes eles mesmo contratam criminosos para fazer o seu trabalho. Em 1964, O capo da Mafia Gregory Scarpa foi recrutado pelo FBI para encontrar informações sobre os assassinatos de 3 ativistas dos direitos civis pelo KKK usando métodos extrajudiciais. 
Ele conseguiu a localização dos corpos ao bater e ameaçar um dos membros do klan colocando sua pistola na boca do racista.

Na verdade o governo americano vem trabalhando com membros de gangue "oficialmente" desde a Segunda Guerra Mundial em 1939.

Frank Sinatra atuou como intermediário entre a máfia de Chicago e a família Kennedy durante os anos 60, principalmente para obter o apoio da União. Quando Kennedy renegou suas promessas depois de ser eleito, Sinatra foi punido pela Máfia, mas ao invés de mata-lo eles apenas fizeram ele se apresentar de graça por 8 noites seguidas do club da Mafia.

Vincent Gigante foi por um tempo o mais poderoso chefão da máfia, o interessante é que para evitar ser preso ele fingiu ser louco por 30 anos! Ele andava de pijamas falando palavras sem sentido nas ruas de Nova York para enganar a policia.

Todo mundo sabe que a Yakuza corta o dedo de seus membros, mas você sabe porque? Yubitsume é nome do ritual de cortar parte do dedo mindinho como punição ou um pedido de desculpas, a razão por trás disso é que a amputação do dedo mínimo faz com que seja difícil segurar uma espada samurai, enfraquecendo o guerreiro na batalha e forçando a pessoa a ser mais dependente de seu chefe para proteção.

Como você já deve ter pensado a Yakuza foi formada por samurais depois que a profissão perdeu importância no Japão moderno, isso fez com os guerreiros honrados se tornassem criminosos, mesmo assim eles ainda seguem os conceitos de honra do passado.

O chefe da máfia James “Whitey” Bulger (interpretado por Jack Nicholson em “Os Infiltrados”) na verdade foi assistir ao filme em San Diego em 2006.

As filmagens de O Poderoso Chefão foram interrompidas pela máfia de verdade, o membro Joe Colombo (chefe da Família Colombo) e o produtor Al Ruddy se encontraram para revisar o roteiro, Colombo deixou as filmagens continuarem mas ele mandou retirar todas ás vezes que alguém falava a palavra máfia do roteiro. 
Colombo acabou inspirando o personagem Joey Zasa no filme.

Numa tentativa de acabar com a gangue Mara "MS13" Salvatrucha no início dos anos 90, o governo mandou deportar os membros da gangue para seus países de origem. Mais uma vez eles só pioraram as coisas. Em vez de acabar com a gangue os deportados ganharam ainda mais território quando voltaram para casa, fazendo a gangue crescer até atingir cerca de 100.000 membros.
Hoje eles são a gangue mais violenta dos E.U.A, e como você pode ver pelas tatuagens seus membros não tem vergonha de serem gangstas.

Apesar de representar menos de 1% da população carcerária, a gangue Irmandade Ariana é responsável por 18% a 25% dos homicídios no sistema penitenciário federal.
Além disso a Irmandade Ariana tem uma lista de leitura obrigatória para os seus membros em potencial: "A Arte da Guerra", de Sun Tzu, "O Príncipe", de Maquiavel, e "Além do Bem e do Mal" e "A Vontade de Poder", de Nietzsche.

Há uma gangue de ladrões sérvios chamada Os Panteras Cor-de-Rosa, que realizaram roubos impossíveis ganhando mais de 300 milhões de euros em jóias. 
Certa vez, seu líder, Dragan Mikic, escapou de uma prisão escalando uma parede enquanto outros membros dos Panteras Cor-de-Rosa disparavam contra os guardas com metralhadoras.

Muitos acreditam que a intensa rivalidade que existe hoje entre a Máfia Mexicana e os Nortenos na Califórnia foi desencadeada em 1968, devido a um membro da máfia roubar os sapatos de um nortista na prisão de San Quentin.

Pablo Escobar (chefão da Máfia Colombiana) fazia tanta grana que para cada US$ 1 que ele investia em seu negócio, ele recebia cerca de US$ 200 em troca. Era tanto dinheiro que ele passou a queimar e guardar nas paredes porque ele não sabia mais onde colocar. No fim as notas acabaram sofrendo com ratos e até com mofo. Eles gastavam US$ 2,500 apenas com elásticos para segurar toda a sua grana.
Na verdade com o equivalente a  US$100 bilhões ele era o homem mais rico do mundo, tanto que ele se ofereceu para pagar a divida internacional do seu país inteiro, mas o governo recusou a ajuda de US$10 bilhões.
Quando ele finalmente foi preso ele mesmo construiu sua cadeia, com direito a televisão, jacuzzi, um campo de futebol e guardas que ele mesmo escolheu a dedo.

Los Zetas, possivelmente o cartel mais implacável do México, começou como um contingente das Forças Especiais Mexicanas que foram atraídas de seus postos do governo pelo Cartel do Golfo para servir como seu “esquadrão da morte”. 
Rapidamente eles saíram do controle e viraram um cartel independente com treinamento militar.

Mulheres representam 10% de todos os membros de gangues, mas apenas 2% de todas as gangues são formadas exclusivamente por mulheres.


Para se reconhecer as gangues costumam usar cores especificas, por exemplo os Latin Kings se vestem de dourado, os Crips de azul, os Bloods de vermelho etc. Por algum motivo gangues brasileiras fogem a regra e não usam esse sistema.


As gangues são divididas em 3 categorias: gangues de rua, de prisões e de motociclistas.Acredita-se que os Mongols com quase 1000 membros são a maior gangue de motocicletas dos E.U.A, como você pode ver se comparado a gangues de rua ou carteis eles não são nada.

Se você gostou dessa matéria venha curtir o nosso facebook: Real World Fatos, e leia mais matérias curiosasa, n
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...