Loading...

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Criadores de Stranger Things vão a julgamento por plágio

Um dos maiores sucessos da Netflix foi a série Stranger Things, mas nem tudo está indo como o planejado, foi confirmado que os Irmãos Duffer irão a julgamento pelas acusações de plágio. 
Tudo começou em 2018, quando o cineasta Charlie Kessler acusou a dupla de utilizar o conceito de seu curta metragem Montauk para a criação da série. Matt e Ross Duffer solicitaram um julgamento sumário, porém o juiz negou o pedido e o julgamento está agendado para começar em 6 de maio. 
De acordo com Michael Kernan, que é o advogado de Kessler, o processo acontecer já é em si uma grande vitória: 
“Agora que o juiz negou a moção por julgamento sumário, podemos agora desconsiderar as bobagens promovidas pelos Duffer e pela Netflix de que esse processo não tinha mérito, e que eles tinham “provas” de que criaram a série. Se o processo não tivesse mérito, ou se eles tivessem de fato a “prova” de que criaram, então seu julgamento sumário teria ganhado. Eles perderam. Essas moções são muito difíceis de combater e vencer essa moção mostra que o Sr. Kessler tem um bom ponto. Estamos buscando provar seu ponto em julgamento... Se os acusados lucraram US$ 1 milhão por escrever e produzir a série, que existe exclusivamente graças às ideias sugeridas pelo Sr. Kessler, o prejuízo causado a ele igual a um terço do dinheiro recebido, ou US$ 333.333,33” 
Os Duffer negam as acusações, eles alegam que "um antigo fascínio em lendas urbanas e teorias da conspiração" foi a inspiração do show, e que eles começaram a trabalhar em uma produção sobre esse assunto em 2010, um ano antes do lançamento de Montauk. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...