quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Curiosidades sobre países #16 - Girias

Você com certeza deve usar gírias no seu dia-a-dia ou já usou quando era mais novo, mas você conhece as gírias usadas por pessoas em outros países? Se a resposta for não você vai conhecer agora.

Quando os japoneses querem dizer que alguém ficou em uma situação vergonhosa, eles dizem itai, que significa algo como "pagar mico". Já quando eles estão com pressa eles tem de fazer um B Dash, essa expressão surgiu do game Super Mario, onde para correr você precisava apertar o botão B. Já para dizer que algo ruim vai acontecer eles usam a expressão yabai! que seria algo como Caramba!.

Quando os alemães querem dizer que aquilo é muito maneiro eles dizem que é Voll Krass (Voll = Cheio, Krass = Brusco), quando eles estão por dentro do assunto eles dizem Am Start sein (Estar no inicio). Já quando eles estão de bobeira eles estão Pansen.


Os franceses não chamam as mulheres de gatas, eles dizem que ela é Une meuf, expressão que deriva de “une femme”, que quer dizer “uma mulher". Já seus manos são Un keun que deriva de Un mec. E quando eles querem dizer que algo é irado eles dizem que aquilo é Mortel, ou seja "de morrer".


Para os espanhóis um lugar que está bombando é um Petado, alguém que é muito bom em algo é um crack, igual aos craques brasileiros. E quando alguém rouba algo ele foi Por la patilla, "Patilla" significa beirada ou canto, a expressão significa "na surdina".


Quando os russos vão sair para tentar conseguir ficar com garotas, eles dizem que estão indo a um Safári, porque eles vão caçar elas. Já para eles uma pessoa burra é chamada de Sovók, que vem de "soviético" ou seja uma pessoa atrasada no tempo.


Para os italianos "Sei" (esta) e "fuori" (fora) é utilizado para insinuar que alguém "pirou" ou está fora de si. Já "Mi" (me) "ha dato" (deu) "buca" (buraco) quer dizer que alguém não foi a um compromisso que já estava marcada. E quando eles querem ser deixados em paz eles usam a gíria Mollami, algo como "não me amola".


Pra os chineses os estudiosos são chamados de Shūdāizi, que significa "bobo dos livros", as pessoas fracas são os Caoméi zú, "Caomei" significa morango, e "zu", grupo, ou seja é uma gíria dada as pessoas que não aguentam a pressão, que são tão delicadas quanto os morangos. Quando alguém tira proveito de um encontro eles "Comem o tofu" ou eles Chī doufu.

Os americanos adoram sua gírias, principalmente os adolescentes, para eles as mulheres não são gatas, elas são Chicks (Galinhas). Quando eles não gostam de algo, ou alguma coisa deixou de ser legal, eles falam que aquilo é Chopped Liver (Fígado picado). Quando uma pessoa aparece sem ser convidada ela está fazendo um Crash (Quebrando). Quando alguém é irritante ele está fazendo alguem Drive Up the Wall (Dirigindo pela parede), e quando algo é muito fácil é um Piece of Cake (Pedaço de bolo). Já quando uma pessoa nasceu em um ambiente ruim, sem chance de suceeso essa pessoa é um Klusterfuck.

Quando canadenses não estão muito bem, eles não dizem doente, eles dizem Mawga, quando eles estão irritados eles estão de Owly, já uma situação maluca, que ninguém sabe o que está acontecendo é uma kerfuffle. As gírias canadenses normalmente não tem uma tradução exata para o nosso idioma, muitas vezes elas são a junção de palavras que só fazem sentido para os canadenses, por exemplo, uma pessoa sem sorte ou um idiota é um Hoser, essa palavra provavelmente é a junção de Hose (mangueira) e Looser (perdedor), isso porque no hockey, que é um dos maiores esporte do Canadá, o time perdedor tinha de usar uma mangueira para lavar o gelo.

Curtiu a matéria? Quer ver mais conteúdo interessante? Então curta nosso Facebook: Real World Fatos e ache outras matéria interessantes.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...