quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Confira algumas músicas que são "cópias" de outras músicas

Se você não é muito chegado no mundo da música antes de mais nada você tem de saber a diferença entre plágio e sample. 
Plágio é ilegal, é quando uma pessoa copia descaradamente a obra de outra pessoa, já sample é quando uma pessoa usa uma parte de outra música para formar sua própria música. Nessa lista você verá exemplos de ambas.
Confira agora algumas músicas que são "cópias" de outras músicas.


"Blurred Lines" foi a música do verão de 2013, ficando no Top 100 por 12 semanas consecutivas, mas uma música desse calibre não podia ter sido criada por Robin Thick, que admitiu estar tão drogado no estúdio que nem se lembrava como a música foi criada. 
Acontece que a música era um plágio de Marvin Gaye, a família de Gaye tomou conhecimento da canção, acusando Robin Thicke e Pharrell Williams de terem copiado a música de 1977 de Gaye, "Got to Give It Up". 
Em março de 2015 um júri ficou do lado da propriedade de Gaye, concedendo-lhes US$ 7,4 milhões. Agora eles também ganham uma porcentagem de qualquer lucro que a música de Thick fizer.




Vanilla Ice chegou ao número 1 no Hot 100 em 1990 com seu hit Ice Ice Baby, infelizmente para ele muitos ouvintes apontaram a semelhança da música com a música de 1981 "Under Pressure", de Queen e David Bowie, era inegável que ele havia copiado a batida da música, mas Ice fez o impensável: ele negou ter copiado a batida da música. 
Enquanto Vanilla Ice negou a semelhança no início, ele depois viu que não tinha defesa, ele cedeu e decidiu pagar royalties de ambas as partes, a fim de evitar uma batalha judicial que ele com certeza perderia. 
Aqui fica a lição: nunca roube de uma música que é muito mais famosa do que a sua "cópia".



Em 1984, Ray Parker Jr. perguntou "pra quem você vai ligar?" em seu sucesso número 1 "Ghostbusters", o tema do filme clássico Caça Fantasmas. 
Huey Lewis ouviu a música e resolveu ligar para um advogado. Lewis processou Parker por plágio por copiar sua música "I Want a New Drug", os dois acabaram resolvendo o caso fora do tribunal.




O músico brasileiro Jorge Ben Jor alegou que o sucesso de Rod Stewart em 1979, "Do Ya Think I'm Sexy?" tinha partes plagiadas de sua música "Taj Mahal". 
Os dois resolveram o caso fora do tribunal, e em sua autobiografia de 2012, Stewart admitiu "plágio inconsciente".




A Big Seven Music Corp (de propriedade de Morris Levy) entrou com uma ação contra John Lennon por supostas semelhanças entre "You Can't Catch Me" de Chuck Berry e "Come Together" dos Beatles, um hit número 1 de 1969. 
A canção de Berry tinha a linha, "Here come a flat-top, he was movin' up with me", enquanto a composição de Lennon inclui a letra "Here come ol' flat-top, he come groovin' up slowly". Por causa de uma linha eles foram processados.
O caso foi resolvido fora do tribunal, com Lennon concordando em gravar três músicas de rock 'n' roll que seriam de propriedade de Levy. Lennon só lançou oficialmente duas: "Ya Ya" e "You Can't Catch Me".




Você provavelmente já sabe que a maioria dos sucessos do Latino são cópias. Sério, a grande parte de suas músicas mais famosas são "inspiradas" em sucessos internacionais. Até sua música hit "Festa no Apê" de 2004 é uma copia de "Dragostea Din Tei" da banda O-Zone da Moldávia.




Agora que cobrimos alguns plágios vamos falar de samples, e o rei do sample são os rappers. Pegar um pedaço de uma música e fazer outra por cima está enraizado no começo da história do rap quando DJ's usavam vinil para fazer um som enquanto o MC fazia rimas por cima de outras músicas, e isso dura até hoje.
A música do astro 50 Cent "Many Men (Wish Death)" de 2003 usa parte da música "Out of the Picture" dos Tavares aos 53 segundos.




Já Eminem é outro que usa bastante os samples, em quase todos os seus álbuns já lançados ele usa eles. 
Sua música "Stan" de 2000 contem um sample de "Thank you" da Dido de 1999. Ele até mesmo deu os crédito do refrão da música a cantora.






O grupo Rouge tinha uma música famosa, "Ragatanga" de 2002, a música ficou popular por seu refrão estranho que caiu na boca do povo, mas elas não pensaram nesse refrão sozinhas. Ela foi copiada da banda Las Ketchup, mais precisamente de sua canção "Asereje".
Mas para ficar pior a banda Las Ketchup também copiou o refrão de outra música, dessa vez eles pegaram o comecinho da canção "Rapper's Delight" do grupo Sugarhill Gang.




Shakira começou a fazer sucesso com sua música "Hips Dont Lie" de 2006, mas acontece que a cantora colombiana pegou partes de outras músicas para montar seu grande sucesso, a mais notável sendo "Amores Como el Nuestro" de Jerry Rivera de 1992.


Beach Boys - Surfin Usa, essa canção fez muito sucesso ao redor do mundo... até que ela chegou aos ouvidos de Chuck Berry, acontece que a música era muito parecida com "Sweet Little Sixteen" uma canção de Berry.
Depois de um processo Chuck ganhou direitos a royalties pela música e os Beach Boys também tiveram de dar créditos de escritor pra ele.


E por último o grande hit do cantor Akon de 2005 "Lonely" usou um sample da música "Mr. Lonely" do cantor Bobby Vinton de 1962, mas a versão do rapper de ascendência senegalesa tem efeitos sonoros na voz de quem cantou o verso de Vinton.

Se você gostou da matéria não deixe de curtir e comentar em nosso facebook (Real World Fatos), aqui mesmo na matéria ou apenas nos envie um e-mail para realworldwolf@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...